Arquivo do autor:TIMÃO DIÁRIO

Sobre TIMÃO DIÁRIO

Timão Diário é uma empresa voltada às atividades do mundo Corinthians e também dos esportes em geral do clube. Somos um portal de informação e notícias, entretenimento e serviços, voltado para o público apaixonado pelo SCCP. A partir de 2012, nossa atividade abrigará conteúdos mais diversos, voltados a nossa Republica Popular do Corinthians. O Timão Diário pretende ser um espaço para difundir boas idéias e ser democrático para os apaixonados possam enviar seus recados e discutirmos sobre os rumos do TIMÃO. Também não deixaremos de criticar quando necessário nossos dirigentes e organizações da Fiel quando suas posturas venham atrapalhar o desempenho do Time nos campeonatos. Contamos com a ajuda de todos neste projeto que permita dar mais informação às pessoas sobre o futebol do Timão. EQUIPE TIMÃO DIÁRIO. Visão, Missão e Valores . Visão Ser reconhecida como a principal empresa Brasileira, líder e inovadora, no comércio eletrônico de artigos de Futebol. Firme na crença e valores do esporte, fornecendo artigos que contribuam para dignificar e promover a felicidade dos apaixonados pelo Timão, aproximando culturas e valores, fundamentado em justiça e desenvolvimento. . Missão Liderança na prestação de serviços de alta qualidade, constante renovação e aprendizagem permanente, superando a expectativa dos leitores e promovendo a satisfação de nossos parceiros de negócios e colaboradores, com geração de resultados. . Valores Paixão pelo Corinthians, integridade e transparência nas relações, compromisso com a perenidade do negócio, inovação constante, respeito à diversidade, comunicação clara e precisa, com fundamentos em uma gestão de excelência empresarial.

Sete anos depois, Cristian e Elias devem reeditar dupla de sucesso no Corinthians

ESPN.com.br com agência Gazeta Press

GETTY

Cristian e Elias em jogo do Corinthians na Copa do Brasil de 2009
Cristian e Elias em jogo do Corinthians na Copa do Brasil de 2009

Os volantes Cristian e Elias podem ser pilares do Corinthians na briga pela conquista do Campeonato Brasileiro. Essa manchete provavelmente dá saudade em alguns corintianos empolgados com a conquista do Paulista e da Copa do Brasil de 2009, mas está prestes a se tornar válida para a disputa da edição de 2016 do torneio nacional, sete anos depois de a dupla encantar os corintianos.

O fato que mais aproximou esse “reencontro” dos dois como titulares foi a negociação de Bruno Henrique com o Palermo-ITA, praticamente selada na última terça-feira e que deve ser confirmada até o final da semana. O jogador, um dos poucos que atuaram em todas as 21 partidas do clube no Brasileiro, vinha atuando como primeiro volante, função exercida apenas por Cristian e Willians atualmente.

Na disputa com Willians, Cristian sai na frente por ter atuado já nesta edição como titular, justamente antes da sequência que o time alvinegro terá pela frente, mas no primeiro turno. Com a ida de Elias para a Seleção Brasileira, disputar a Copa América, ele formou dupla com Bruno Henrique nas partidas diante da Ponte Preta, do Sport, do Santos e do Palmeiras, colecionando boas atuações, as primeiras desde sua contratação, em janeiro de 2015.

Depois, no entanto, Elias voltou do torneio continental e Cristian, que poderia brigar por posição, sofreu um estiramento muscular na coxa esquerda, perdendo espaço. Mesmo em meio a uma fratura na costela e discussões com a torcida, o camisa 7 continuou a ser titular absoluto e, após tanto tempo sem o parceiro mais famoso no clube, terá a oportunidade de reeditar a tão valorizada dupla.

“Atuamos juntos duas ou três vezes desde que ele voltou. Mas a gente sabe o que aconteceu internamente para ele não estar atuando, e ele sabe também”, comentou Elias, ainda em maio deste ano, antes do início do Nacional.

“O Cristian voltou ao nível que tinha. Isso é notório. Todo o mundo o elogia. Ele vai ter a oportunidade dele. Sabemos que o Bruno Henrique está na frente, jogando bem, mas torço para que o Cristian mostre todo o seu potencial”, disse Elias, quase prevendo o que aconteceria alguns meses depois.

A confirmação sobre quem será o substituto de Bruno Henrique só deve acontecer no treinamento de sexta-feira, o último antes de encarar a Ponte Preta, no sábado, às 16h (de Brasília), no Moisés Lucarelli. Com 37 pontos conquistados, o Corinthians é atualmente o terceiro colocado da competição, três atrás do líder e arquirrival Palmeiras.

Fonte ESPN Br


Cristian se destaca em treino contra concorrentes por vaga de titular

Tomás Rosolino São Paulo, SP

Cristian é o provável substituto de Bruno Henrique contra a Ponte Preta (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Cristian é o provável substituto de Bruno Henrique contra a Ponte Preta (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Em processo de reformulação e com um posto totalmente vago na equipe com a negociação de Bruno Henrique com o Palermo-ITA, o time do Corinthians deve mesmo ter Cristian como ocupando a função de primeiro volante ao lado do antigo companheiro Elias nos próximos jogos. Em atividade rápida realizada na tarde desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, ele se destacou em disputa indireta contra Camacho e Willians, outros postulantes ao espaço deixado pelo titular.

A movimentação consistia em pequenos jogos de 5 contra 5, com três times se revezando dentro de um campo menor que uma quadra de futsal. A ideia era trabalhar a pressão na saída de bola, tanto na marcação quanto na hora de trocar passes na defesa. Com duração total de 30 minutos, o trabalho também previa a mudança rápida dos times, já que era necessário apenas um gol para que quem estivesse de fora entrasse no lugar do derrotado.

Cristian formou um time ao lado de Caíque França, Léo Príncipe, Lucca, Pedro Henrique e Bruno Paulo. O de Camacho era formado por ele, Walter, Guilherme Arana, Isaac, Giovanni Augusto e Léo Santos. Já o terceiro, de Willians, tinha Matheus Vidotto, Vilson, Marlone, Danilo e Renan, do sub-20.

Líder do seu time, Cristian conseguiu liderá-los por quatro jogos seguidos em campo, maior sequência conquistada, além de ter acumulado mais vitórias do que qualquer um dos outros concorrentes. A série invicta, por sinal, motivou até algumas reclamações de adversários. “Vocês ficam querendo jogar só com a bola, tem que jogar sem também”, disse Walter, incomodado com o número de chutes dados no seu gol em uma disputa.

“Esse pessoal não come antes de vir treinar”, brincou o lateral Guilherme Arana logo na sequência de uma derrota da sua equipe, pedindo para que Léo Santos tocasse mais a bola. Coordenador da atividade, o auxiliar Fábio Carille pouco interviu, reservando-se ao direito de apenas elogiar algumas intervenções dos jogadores.

Os jogadores que foram titulares no triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória, na segunda-feira, novamente fizeram apenas um trabalho na academia do CT, sem aparecer no gramado. Romero, substituído no intervalo e única exceção do grupo, participou do aquecimento e depois logo se encaminhou para a parte interna. Rildo, que tem um edema muscular na coxa esquerda, também não apareceu.

Com 37 pontos conquistados na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Alvinegro é o terceiro colocado, três atrás do líder e arquirrival Palmeiras. A definição sobre a equipe que encara a Ponte Preta, no sábado, às 16h (de Brasília), no Moisés Lucarelli, deve começar a sair nesta quinta, primeira atividade com a presença de todo o elenco.

Fonte GE.Net


Adebayor’ na várzea, Gustavo tem ‘a cara do Corinthians’, diz ex-treinador

Do futebol de várzea ao Timão em dois anos, Gustavo fecha acordo e deve ser anunciado nesta quarta, após exames médicos. Clube investe R$ 4 milhões para deter 45% dos direitos

São Paulo (SP)

– Acho que ele tem uma cara de Corinthians, vai combinar bastante. Tem que ter tempo.

O diagnóstico animador é do técnico Fabio Cunha, um dos responsáveis por “lapidar” o atacante Gustavo para o futebol profissional. Nesta quarta-feira, o jogador de 22 anos deve ser confirmado como reforço do Timão e pode até herdar a camisa 9 de André, que está sendo negociado com o Sporting (POR).

O Corinthians pagará R$ 4 milhões por 45% dos direitos econômicos de Gustavo, sendo a maior parte paga ao Criciúma e outra a uma empresa de nome desconhecido. O clube catarinense ainda seguirá com 35% e o Taboão da Serra, onde ele foi formado, com 20%.

Foi justamente no Taboão que o garoto de Registro (cidade a 200 km da capital) descobriu-se atleta. Ele não teve sequência em categorias de base, e se formou na várzea do interior paulista. Em 2013 o sonho de se profissionalizar estava adormecido, mas uma peneira do Taboão da Serra, hoje na Quarta Divisão de São Paulo, deu a última chance. Considerado velho demais para iniciar, Gustavo tentou. Deu.

Em 2014, ele foi um dos artilheiros da Copa São Paulo de Juniores com nove gols marcados e a equipe eliminada apenas nas quartas de final. Era o que faltava para o pupilo de Fabio Cunha despontar para o futebol.

– Quando ele chegou para trabalhar comigo eu até fiquei na dúvida, do tipo ‘ele é grande, tem alguns defeitos’. Mas com o passar do tempo, com muito esforço, ele foi evoluindo e depois teve a oportunidade. A evolução dele em três meses foi gigantesca – diz o treinador, ao LANCE!.

Alto, magro e negro, Gustavo ganhou o apelido de Adebayor no Taboão da Serra, mas no Criciúma virou Gustagol. São 11 gols feitos na Série B do Brasileiro, torneio em que divide a artilharia com o veterano Nenê, do Vasco. Agora, os próximos passos deverão ser no Corinthians, onde iniciou os exames médicos nesta terça-feira e concluirá nesta quarta. Da várzea ao campeão brasileiro em dois anos. Prazer, Gustavo.

QUEM É ELE?

NOME > Gustavo Henrique da Silva Sousa
APELIDOS > “Gustagol” e “Gustavo Adebayor”
NASCIMENTO > 29/3/1994, em Registro (SP)
CLUBES > Taboão da Serra (2014), Criciúma (2014 a 2016), Resende-RJ (2015), Tubarão-SC (2015) e Nacional, de Portugal (2015), por empréstimo
POSIÇÃO > Centroavante
ALTURA E PESO > 1,89m e 76 kg

COM A PALAVRA, FÁBIO CUNHA
Treinador de Gustavo em 2014

Fabio Cunha
Técnico do Taboão da Serra na Copinha de 2014 (Foto: Divulgação)

“Me falaram que tinha um garoto bom e fui dar uma olhada antes da Copa São Paulo. Trouxemos para o grupo e ele ficou em período de observação. Ele não teve base, então tinha alguns defeitos técnicos, mas compensava pelo esforço. Não tenho um ‘a’ para falar sobre isso. Ele até chegou a ter sorte de surgir a oportunidade, mas é porque se dedicava, porque entrou e fez a parte dele. Ele é esforçado. Como ele só jogou na várzea, no amador, a questão de jogo, de clube, de jogar uma competição federado, é bem diferente, a técnica é maior. Então direcionamos alguns trabalhos de finalização e posicionamento e tentamos um sistema tático mais simples, mas bem elaborado.
Ele tem um temperamento bem tranquilo, focado, mas em campo é brigador. Não esperem alguém de jogadas plásticas, mas um guerreiro em campo”, disse Fábio Cunha.

Fonte Lancenet


Marlone brinca sobre carinho da Fiel: ‘Capaz de pensarem até que eu pago’

Meia-atacante brincou sobre o apoio da torcida do Corinthians, mesmo estando no banco de reservas. Jogador também analisou as críticas ao técnico Cristóvão Borges

Marlone

Marlone recebeu apoio da torcida e foi decisivo contra o Vitória (Foto: Mauro Horita/AGIF/Lancepress!)

LANCE!
São Paulo (SP)

Mesmo sem jogar, Marlone ouvia do banco de reservas os gritos da torcida pedindo seu nome. A Fiel também mostrou carinho pelo jogador por meio das redes sociais, sempre com mensagens de apoio. Nesta quarta-feira, dois dias após ser decisivo para o Timão virar o jogo sobre o Vitória, o meia-atacante concedeu entrevista coletiva e brincou sobre os gritos dos torcedores.

– Sei lá, é capaz de nego pensar que eu estou até pagando torcida para gritar meu nome. Não sei como começou isso, é algo impactante. Como eu te falei, não fiz nada ainda aqui, não sou nada, então não tenho nem palavra para falar. Só quero trabalhar a cada dia e fazer meu trabalho – afirmou Marlone, arrancando risos na sala de imprensa do CT Joaquim Grava.

– Geralmente a torcida grita nome de quem realmente fez história no clube, com títulos, eu que não sou nada ainda, pretendo fazer história, e isso foi surpreendente. Você ali no banco e a torcida gritando surpreende. Mas sou uma pessoa tranquila, não fico vislumbrado com essas coisas – completou.

O apoio da Fiel a Marlone é completamente diferente do que ao técnico Cristóvão Borges, que sofre com questionamentos apesar de o Corinthians estar em terceiro lugar do Brasileirão. O meia-atacante disse que as críticas não atrapalham o trabalho do treinador à frente da equipe.

– O futebol é aplausos e vaias. Como eu falei, amanhã se eu não for bem posso ser vaiado. O Cristóvão é um grande profissional, sabe muito bem passar por esses tipos de situações. Claro que ninguém gosta disso, mas o grupo está  junto com o professor e está preparado para isso. Não atrapalha, estamos no G4 em busca de objetivos maiores – disse.

O Corinthians está em terceiro lugar do Brasileirão, com 37 pontos. O Atlético-MG está em segundo, com 38, enquanto o Palmeiras lidera, com 40.

Fonte Lancenet


Presidente nega loucuras, e diz que orçamento do Corinthians é mais responsável do que o da sua família

GAZETA PRESS

Roberto de Andrade confirmou a saída de três jogadores na entrevista coletiva
Roberto de Andrade confirmou a saída de três jogadores na entrevista coletiva

A entrevista coletiva do presidente Roberto de Andrade, nesta terça-feira, foi ruim para o torcedor do Corinthians, que esperava um fortalecimento no elenco para a sequência do ano. Além de anunciar as saídas de Bruno Henrique, André e Luciano, o mandatário ainda disse que não fará loucuras para a chegada de novos jogadores.

“Meu orçamento familiar não é tratado com tanta responsabilidade quanto o do Corinthians. Procuro fazer as coisas mais justas possíveis. A responsabilidade do Corinthians até o fim do mandato é minha, vou seguir o meu propósito de colocar as contas em ordem. Nunca mais quero ouvir, nem ler, que o Corinthians deve um real de salário atrasado ou qualquer outra coisa. Para que isso aconteça, temos de andar em cima das contas. Se você ganha 10, não tem como gastar 15. Jamais faria qualquer loucura para deixar o Corinthians desgovernado na questão financeira”, declarou Roberto de Andrade.

Curiosamente, em junho, o presidente afirmou que sua gestão no clube não segue orçamento.

Dois jogadores, contudo, devem chegar ao Corinthians nos próximos dias. O atacante Gustavo, do Criciúma, já está praticamente acertado, enquanto o volante Jean, do Paraná, também negocia com o alvinegro.

Apesar de confessar que o time, apesar da terceira colocação no Campeonato Brasileiro, ainda “não deu liga”, Roberto de Andrade ressaltou que a confiança no trabalho do técnico Cristóvão Borges segue 100%.

“Temos total confiança no trabalho do Cristóvão, ele está exercendo um bom trabalho. Todos têm de entender que estamos atravessando um momento difícil, oscilando bastante. Em mais algum tempo estaremos com o time encaixado, mas em momento algum podemos questionar o trabalho do Cristóvão, muito bem feito, elogiado por todos os atletas”.

Fonte ESPN Br


Marlone prevê dificuldades contra Ponte Preta: “Todo mundo quer jogar contra o Corinthians”

Autor de um golaço contra o Vitória vindo do banco de reservas, meia do Timão falou sobre a importância de todos no elenco terem uma sequência no time

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Após o treino do Corinthians na tarde desta quarta-feira (24) no CT Dr. Joaquim Grava, Marlone, autor de um belo gol no triunfo sobre o Vitória na última segunda-feira (22) na Arena Corinthians, conversou com a imprensa em entrevista coletiva. Neste sábado (27), o Timão visita a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP, na sequência do Campeonato Brasileiro. O meia se mostrou ciente das dificuldades que cercam o confronto contra a equipe do interior paulista.

“A gente sabe que todo time que o Corinthians for enfrentar vai ser pedreira. Sabemos da qualidade da Ponte, trabalhei com Eduardo Baptista [técnico da Ponte Preta] no Sport. Não vai ser moleza. Todo jogo temos de entrar com profissionalismo e em busca da vitória. Nosso objetivo é o título e se manter no G4. Todo mundo quer jogar contra o Corinthians”, completou o jogador.

Decisivo após sair do banco de reservas contra o Vitória, Marlone destacou a importância de todos no elenco terem uma sequência na equipe.

“A sequência te traz confiança, amadurecimento em campo, saber a hora de tocar, chutar, você se sente confiante. Essa sequência é importante para todos. Às vezes, nós entramos no decorrer da partida e têm de ir bem. Mas a sequência é importante. Ele (Cristóvão) que vai decidir, eu só quero estar pronto, seja começando ou não”, concluiu Marlone.

Fonte Agencia Corinthians


Marlone ganha vaga, mas evita se empolgar: “Amanhã podem me vaiar”

Novo titular do Corinthians, meia-atacante se torna xodó da Fiel, mas sabe que precisa manter bom nível: “Capaz de acharam que estou até pagando a torcida”

Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga São Paulo

Corinthians x Vitória Marlone (Foto: Marcos Ribolli)
Novo titular do Corinthians, Marlone quer evitar empolgação com torcida (Foto: Marcos Ribolli)

A ótima atuação em 45 minutos no triunfo por 2 a 1 diante do Vitória, segunda-feira, na Arena Corinthians, não ilude o meia-atacante Marlone. Feliz com a sequência que vai receber como titular, ele deixou a euforia de lado e avisou que está focado apenas em seu trabalho.

Marlone se tornou xodó da Fiel justamente num período em que não recebia chances do técnico Cristóvão Borges. Contra o Vitória, substituiu Romero no intervalo, fez um golaço e participou de outro. Depois do jogo, Cristóvão afirmou que é a vez de o meia virar titular – a partir do jogo deste sábado, contra a Ponte Preta, às 16h (de Brasília), em Campinas. Ele está preparado, inclusive, para um possível jogo abaixo da média.

– Torcedor é emoção, quer resultado. Eu encarei isso com sabedoria, eu posso ir mal, e amanhã podem me vaiar também. Pretendo a cada dia evoluir e ir bem no Corinthians – disse Marlone, em entrevista coletiva nesta quarta-feira.

Feliz com a repercussão pela boa atuação, ele até brincou com o assédio da torcida. Marlone diz ainda não ter a dimensão exata do carinho dos corintianos por ele.

– Sei lá (porque gostam de mim). É capaz de acharem que estou até pagando torcida para gritar meu nome (risos). Não sei de onde surgiu, é impactante mesmo. Não fiz nada, não sou nada, tenho nem palavras para falar. Quero é trabalhar e ajudar o time – comemorou o meia.

A tese da torcida exigente também se aplica a Cristóvão Borges. Este, sim, tem sido cobrado pela torcida corintiana. Marlone saiu em defesa do comandante.

– Se eu não for bem amanhã, posso ser vaiado. Cristóvão é um grande profissional, um homem de caráter, sabe passar por isso. Faz grande trabalho. Claro que ninguém gosta disso, mas o grupo está preparado – assegurou o jogador.

Com 37 pontos, o Corinthians é o terceiro colocado no Campeonato Brasileiro. O elenco alvinegro volta a treinar na tarde de quinta-feira, no CT Joaquim Grava.

Veja abaixo outras respostas de Marlone na entrevista:

PROPOSTAS RECUSADAS

– Independentemente disso, das propostas, meu foco sempre foi o Corinthians. Sempre deixei bem claro, nunca critiquei, respeito o professor Cristóvão, ele tem toda a sabedoria de quem estava melhor no momento. Sempre coloquei na cabeça que quando ele me acionasse eu tinha que ir bem, ir além do melhor e aproveitar. Eu fazia isso nos treinos para fluir.

CHANCE COMO TITULAR

– A sequência te traz confiança, amadurecimento em campo, saber a hora de tocar, chutar, você se sente confiante. Essa sequência é importante para todos. Às vezes nós entramos no decorrer da partida e temos de ir bem. Mas a sequência é importante. Ele (Cristóvão) que vai decidir, eu só quero estar pronto, seja começando ou não.

JOGO CONTRA A PONTE

– Todo time que o Corinthians for enfrentar vai ser pedreira. Sabemos da qualidade da Ponte, trabalhei com o Eduardo Baptista (técnico) no Sport. Não vai ser moleza. Todo jogo temos de entrar com profissionalismo e em busca da vitória. Nosso objetivo é o título e se manter no G-4. Todo mundo quer jogar contra o Corinthians. Estamos cientes disso.

Fonte Globoesporte.com


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 68 outros seguidores