Arquivo do autor:TIMÃO DIÁRIO

Sobre TIMÃO DIÁRIO

Timão Diário é uma empresa voltada às atividades do mundo Corinthians e também dos esportes em geral do clube. Somos um portal de informação e notícias, entretenimento e serviços, voltado para o público apaixonado pelo SCCP. A partir de 2012, nossa atividade abrigará conteúdos mais diversos, voltados a nossa Republica Popular do Corinthians. O Timão Diário pretende ser um espaço para difundir boas idéias e ser democrático para os apaixonados possam enviar seus recados e discutirmos sobre os rumos do TIMÃO. Também não deixaremos de criticar quando necessário nossos dirigentes e organizações da Fiel quando suas posturas venham atrapalhar o desempenho do Time nos campeonatos. Contamos com a ajuda de todos neste projeto que permita dar mais informação às pessoas sobre o futebol do Timão. EQUIPE TIMÃO DIÁRIO. Visão, Missão e Valores . Visão Ser reconhecida como a principal empresa Brasileira, líder e inovadora, no comércio eletrônico de artigos de Futebol. Firme na crença e valores do esporte, fornecendo artigos que contribuam para dignificar e promover a felicidade dos apaixonados pelo Timão, aproximando culturas e valores, fundamentado em justiça e desenvolvimento. . Missão Liderança na prestação de serviços de alta qualidade, constante renovação e aprendizagem permanente, superando a expectativa dos leitores e promovendo a satisfação de nossos parceiros de negócios e colaboradores, com geração de resultados. . Valores Paixão pelo Corinthians, integridade e transparência nas relações, compromisso com a perenidade do negócio, inovação constante, respeito à diversidade, comunicação clara e precisa, com fundamentos em uma gestão de excelência empresarial.

Naiara Ventura

Naiara Ventura00


Renata Senna

Renata Senna


Assista ao vídeo: Tite elogia Ponte Preta, lembra dificuldade em duelo no Paulista e vê Elias focado

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, o técnico Tite falou sobreo duelo desta quinta contra a Ponte Preta, às 19h30 (de Brasília), na Arena Corinthians, elogiando o trabalho do treinador Guto Ferreira. Além disso, o corintiano disse que Elias, titular, está preparado para fazer um bom jogo.

Fonte do vídeo: ESPN BR – assista ao vídeo na pagina da ESPN em full hd clicando aqui.


Timão leva 23 jogadores para pegar a Ponte, e Rodriguinho ganha chance

Meio-campista é relacionado pela primeira vez desde que voltou de empréstimo. Fagner, Elias e Ralf também retornam na partida desta quinta-feira, em Itaquera

Por Carlos A. Ferrari e Diego Ribeiro São Paulo

Rodriguinho Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)
Rodriguinho ganha chance de Tite contra Ponte (Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

O técnico Tite relacionou 23 jogadores do Corinthians para a partida contra a Ponte Preta, nesta quinta-feira, às 19h30, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro. As novidades na lista são o lateral-direito Fagner, os volantes Ralf e Elias e o meia Rodriguinho.

Fagner e Ralf cumpriram suspensão automática pela expulsão e pelo terceiro cartão amarelo recebido no clássico contra o Santos, respectivamente. Eles não atuaram diante do Figueirense. Apenas o lateral retorna como titular – Edilson volta para o banco. No meio, Tite optou por manter Bruno Henrique.

Elias é outro que entra na equipe. O marcador vinha disputando a Copa América com a seleção brasileira e passou a treinar novamente com o elenco alvinegro na terça-feira. Luciano, convocado para o time brasileiro que disputará os Jogos Pan-Americanos, deixa o time.

Rodriguinho aparece na lista de relacionados pela primeira vez desde que regressou ao Corinthians, no início do mês. O meio-campista foi reintegrado ao elenco após ser emprestado ao Al-Sharjah, dos Emirados Árabes Unidos, e virou uma alternativa de Tite para o setor de criação.

O Corinthians começa a partida com a seguinte escalação: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Bruno Henrique e Elias; Jadson, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love.

Confira abaixo a lista de relacionados:

Goleiros: Cássio, Matheus Vidotto e Walter

Laterais: Edilson, Fagner e Uendel

Zagueiros: Edu Dracena, Felipe, Gil e Yago

Volantes: Bruno Henrique, Elias, Marciel e Ralf,

Meias: Danilo, Jadson, Matheus Pereira, Renato Augusto e Rodriguinho,

Atacantes: Romero, Malcom, Mendoza e Vagner Love

Fonte Globoesporte.com


Atl. de Madrid e Sevilla entram na briga com Timão por Téo Gutiérrez

Com as perdas de seus principais nomes de referência no ataque, rivais espanhóis viram suas atenções ao centroavante do River Plate

Téo Gutierrez despertou o interesse de Sevilla e Atlético de Madrid (Getty Images)
Téo Gutierrez despertou o interesse de Sevilla e Atlético de Madrid (Getty Images)

Melhor atleta das Américas em 2014, o colombiano Teófilo Gutiérrez está de saída do River Plate. Porém, engana-se quem acredita que o Corinthians é o único destino possível do centroavante. De acordo com o diário italianoTutto Sport, o Atlético de Madrid e o Sevilla também têm interesse no futebol do atleta da seleção da Colômbia e podem atrapalhar os planos da equipe brasileira.

Desde o anúncio da saída de Guerrero, o Corinthians busca um novo nome de peso para o comando de ataque. A única opção concreta de Tite é Vagner Love, uma vez que o paraguaio Ángel Romero teve uma série de chances como centroavante e não correspondeu. A proposta do clube brasileiro é pagar R$ 6,2 milhões à vista ao River Plate e parcelar o restante do valor, que é de R$ 3,1 milhões.

 

No caso dos clubes espanhóis, ambos querem um substituto para seus comandos de ataque. O Atlético de Madrid perdeu Mario Mandzukic para a Juventus, e o Sevilla negociou Carlos Bacca com o Milan. Desta forma, as duas equipes necessitam de uma centroavante. Os colchoneros terão o colombiano Jackson Martínez na próxima temporada e estão interessados no empréstimo de Cuadrado, atualmente no Chelsea.

Em entrevista para o site Olé, o gerente de futebol do time argentino deixou claro que a vontade de Téo é deixar o clube, mas que não tem o menor interesse em reduzir a pedida pelo centroavante. O valor exigido pelo River Plate é de R$ 9,3 milhões.

Fonte Fox Sport


Preocupada, Odebrecht compra mais CIDs para tentar impulsionar o mercado

Dois Toques

GETTY

Andrés: 'Não valeu a pena ter a Arena Corinthians como sede na Copa do Mundo'
Corinthians ainda não conseguiu vender a maior parte dos CIDs

Preocupada com uma ação do Ministério Público, a Odebrecht resolveu começar a comprar alguns títulos dos CIDs (Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento) da Arena Corinthians. Até agora, a construtora acertou a compra de R$ 800 mil na tentativa de mostrar ao mercado que não há nenhum problema com os documentos.

O mecanismo é simples: uma empresa compra o CID, que não é nada mais do que um papel, e usa ele para abater seus tributos, como o ISS e o IPTU, por exemplo.

Acontece, no entanto, que desde a abertura do processo do MP contra a lei que permitiu esse benefício ao clube corintiano, em 2012, a comercialização dos certificados está comprometida.

Os possíveis interessados estão com medo de gastarem dinheiro nisso e serem pegos de surpresa, mais tarde, com uma decisão da Justiça que dê razão ao Ministério Público.

Por isso, a Odebrecht começou um movimento para tentar mostrar aos empresários de que não há problemas em comprar os títulos.

Em entrevista para o ESPN.com.br, no final de maio, Andrés Sanchez falou que a construtora teria comprado entre R$ 30 e R$ 50 milhões em CIDs, o que não aconteceu e não acontecerá, segundo a assessoria de imprensa da empresa.

Fonte ESPN Br


Governo aperta Corinthians e cobra até dinheiro de Mascherano

Camila Mattoso e Diego Garcia, de São Paulo (SP), para o ESPN.com.br

STR/AFP/GETTY IMAGES

FGTS de jogadores do passado, como Mascherano, rendem dor de cabeça ao Corinthians
FGTS de jogadores do passado, como Mascherano, rendem dor de cabeça ao Corinthians

O Corinthians ganhou recentemente uma nova dor de cabeça para os seus cofres. Desde o fim do ano passado o clube paga mensalmente mais de R$ 50 mil para quitar débitos antigos de FGTS e contribuição social de atletas como Javier Mascherano, Lulinha, Eduardo Ratinho, Denis, entre outros, em duas operações que vão durar até 2029 e custar quase R$ 7 milhões no total.

No último mês de fevereiro, conforme apurou o ESPN.com.br, o clube ingressou na Justiça Federal com uma ação contra a União Federal e a Caixa Econômica Federal, reclamando contra a cobrança de FGTS e contribuição social sobre direitos de imagem de atletas.

No processo, o clube busca do juiz uma decisão para anular o acordo feito no mês de setembro do ano passado com a Caixa Econômica que parcela tais débitos, na faixa dos R$ 7 milhões, com os juros.

O Corinthians fez isso para garantir a emissão do Certificado de Regularidade do FGTS – CRF, uma vez que sem tal documento não poderia receber o patrocínio da estatal.

Na ação que corre na 12ª Vara da Justiça Federal de São Paulo, o clube quer reconhecer seu direito de não mais precisar pagar FGTS e contribuição social em cima das verbas de direito de imagem, aquelas que são fora da carteira de trabalho, e ainda suspender o recolhimento das parcelas já pagas no acordo com a Caixa. Além disso, quer a restituição das quantias já pagas.

“Houve uma fiscalização no passado e o resultado dela foi a cobrança de FGTS e da contribuição social da Lei Complementar 110/2001 sobre valores pagos a título de direito de imagem. A fiscalização considerou valores decorrentes de específicos contratos de direito de imagem como parte dos salários dos jogadores. A gente não concorda com isso e está tentando mostrar na Justiça que direito de imagem não é parte do salário e que, portanto, não se sujeita a tais exigências”, disse o advogado do clube, Juliano Di Pietro.

“A gente quer que a Justiça Federal, ao final da ação, anule o parcelamento e declare que o direito de imagem não se submete a exações próprias de verbas trabalhistas, eis que de verba trabalhista não se trata, como já vem decidindo a Justiça do Trabalho. E que devolva tudo que a gente pagou”, completou.

De acordo com o advogado corintiano, não há na Justiça Federal de São Paulo caso semelhante já julgado e, portanto, esse pode servir de parâmetro para outros que aconteçam no futuro.

“Não há nenhum caso julgado nesse sentido. Aliás, nunca vimos isso antes e o motivo nós desconhecemos. Mas nossa ação vai servir para mostrar que não se pode efetuar tais cobranças nesse caso”, completou.

Em sua defesa, o clube cita diversas iniciativas de marketing para justificar os valores pagos em direitos de imagem, como álbuns do Campeonato Brasileiro, revistas Corinthians, os personagens “Timão em Estilo Mangá”, as capas do DVD “Todo Poderoso, o Filme”, o pôster da República Popular do Corinthians e os jogos de tabuleiro “Banco Imobiliário” e “Cara a Cara”.

Dentro do processo, o Corinthians mostra documentos de direitos de imagem de diversos atletas que passaram pelo clube na década passada, como Lulinha, Dênis, Eduardo Ratinho e até o argentino Javier Mascherano, hoje no Barcelona.

Em sua defesa, a Caixa Econômica Federal diz ser mera agente operadora e não gestora do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, ficando a festão de aplicação ao Ministério da Ação Social e pede a que a ação seja julgada improcedente. A União quer o mesmo, “por absoluta falta de supedâneo fático e legal a corroborar o direito da autora (no caso, o Corinthians).

A última decisão da Justiça negou o pedido de uma liminar para anular o parcelamento. No total, a causa que corre nos tribunais federais, nas duas ações, tem o valor de cerca de R$ 7 milhões.

Fonte ESPN Br


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 71 outros seguidores