Arquivo do dia: março 4, 2013

Mexicano avalia jogo entre Corinthians e Tijuana

“Sem dúvida alguma, o jogo contra o Corinthians, campeão mundial de clubes, é o mais importante da história do Tijuana”

 
Jogadores do Tijuana comemoram gol marcado (Divulgação)
Jogadores do Tijuana comemoram gol marcado (Divulgação)

O próximo adversário do Corinthians na Libertadores é o jovem time do Tijuana, do México, que tem apenas seis anos. Assim, aFOX Sports do Brasil pediu a um colega mexicano da FOX Sports LA, Ángel Húguez, que escrevesse sobre a importância desse jogo para os Xolos .

“Apesar do título no futebol mexicano, nenhuma partida em território nacional teve tanta ressonância no entorno do Tijuana como terá a partida contra o Corinthians pela Copa Bridgestone Libertadores.

Teve maior importância o cetro conseguido na Apertura 2012, mas nenhum dos rivais enfrentados nas finais (Monterrey, León e Toluca) tem mais renome internacional do que o Timão.

O Tijuana começou sua aventura internacional neste 2013, e seu início é animador com um par de vitórias: 1 a 0 fora contra o Millonarios e 4 a 0 sobre o San José da Bolívia.

O atual campeão da Libertadores fará a maior viagem que qualquer outra equipe tenha feito na competição: 9.713 quilômetros, desde São Paulo. Claro, a mesma distância que viajará o campeão mexicano quando visitar o Pacaembu.

O Timão conta com figuras de expressão internacional, sobretudo em seu ataque com o brasileiro Pato e o peruano Paolo Guerrero artilheiro da equipe no ano com quatro gols, mais dois na Libertadores.

Para o Corinthians, no nível local, a atual campanha não se iniciou da melhor maneira, já que no Campeonato Paulista soma 15 pontos de 30 disputados, ficando em oitavo lugar.

Contando a Copa Libertadores, os brasileiros disputaram 12 partidas esse ano e ganharam apenas quatro, tendo sete empates e uma derrota. Na sua liga jogaram cinco partidas fora, vencendo apenas uma e empatando as outras quatro, no último domingo, um 0-0 diante do Santos de Neymar.

No torneio continental, empataram por 1 a 1 em Oruro contra o San José e venceram o Millonarios em um Pacaembu vazio por conta de uma sanção ao clube devido à violência de sua torcida na viagem à Bolívia, já que um incidente dentro do estádio provocou a morte de um menor boliviano. Vários torcedores da equipe estão detidos na Bolívia.

Embora o Timão chegue à Tijuana com uma vitória nos últimos oito jogos, somando o Paulista e a Libertadores, o time também não perdeu nesse período, mostrando que é uma equipe difícil de ser batida.

Antonio Mohamed bem sabe disso: “Contra o Corinthians teremos um parâmetro mais claro… para nós será uma prova de fogo”.

Não importa que não esteja em um bom momento, o Timão não perde em um torneio internacional desde 2 de fevereiro de 2011, quando perdeu para o Deportes Tolima por 2 a 0, que o eliminou da Pré-Libertadores. Sua última derrota na copa na fase de grupos foi no México em 9 de março de 2006, perdendo de 2 a 0 para o Tigres. O clube paulista não participou das edições de 2007, 2008 e 2009.

Um momento de poucas vitórias, um estádio vetado, uma longa viagem e um estádio com gramado artificial são as dificuldades que aguardam o Corinthians em Tijuana nesta quarta-feira, mas o principal obstáculo é um time campeão, publicamente celebrado na Libertadores.

Assim, o Tijuana avaliará seu potencial nas milhas do Corinthians.”

Fonte: Fox Sports


Corinthians chega ao México e encara frio de 6ºC

A delegação do Corinthians chegou nesta segunda-feira em Tijuana, no México, para o jogo pela terceira rodada do Grupo 5 da Libertadores-2013. Os jogadores encaram o contraste do calor brasileiro para o frio: 6ºC na manhã local, apesar do sol característico do país latino-americano.

Com o fuso horário a favor (cinco horas a menos do que Brasília), o time foi para o hotel descansar antes do treino marcado para o local do jogo, o estádio Caliente (às 22h de Brasília). O treino será leve e servirá para conhecer a grama sintética, piso em que os jogadores brasileiros não estão acostumados.

Robson Ventura – 3.mar.2013/Folhapress
Cassio espera pegar o ritmo do gramado rapidamente
Cassio espera pegar o ritmo do gramado rapidamente

“Vamos treinar hoje [segunda] e amanhã [terça] para pegar o ritmo o mais rápido possível. Ela se torna mais pesada, por estar molhada e a bola rolar mais, na grama fica mais ‘presa’, temos de ver de verdade”, reconheceu o goleiro Cássio, em entrevista para a rádio Globo.

O zagueiro Gil disse já conhecer o piso. “Já tive oportunidade de jogar nisso na França, vai ser tranquilo. Vamos pegar o jeito no treino e não ter problemas no jogo”.

São 33.333 mil lugares à venda para o jogo de quarta-feira, às 22h (de Brasília), e a expectativa é de casa cheia. O time alvinegro vai treinar também na véspera e a tendência é que o técnico Tite mantenha o time que jogou no domingo no 0 a 0 contra o Santos, pelo Campeonato Paulista.

Fonte: Folha SP


Após maratona de 17 horas, Timão dribla cansaço na chegada a Tijuana

Corinthians chega a hotel e descansa antes de fazer dois treinos para duelo desta quarta contra time mexicano

Por Diego Ribeiro Tijuana, México

Douglas Corinthians Tijuana (Foto: Diego Ribeiro)
Jogadores chegam a Tijuana (Foto: Diego Ribeiro)

Após cerca de 17 horas entre duas viagens e uma conexão cansativa, a delegação do Corinthians chegou a Tijuana, no México, no fim da tarde desta segunda-feira, às 16h (horário de Brasília, 11h no horário local). Mesmo com aparência cansada após tanto tempo de viagem desde São Paulo, os jogadores disseram que a fadiga não vai atrapalhar os treinamentos na cidade. O Timão enfrenta o Tijuana na quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), no Estádio Caliente.

O goleiro Cássio, por exemplo, afirmou que mal sentiu os efeitos da viagem. Foram nove horas de São Paulo até a Cidade do México, quatro de espera, e outras quatro da capital mexicana até Tijuana.

- Mal fiquei cansado, dormi bastante na primeira parte da viagem, então é tranquilo. Vamos passar por cima disso e treinar bem para fazer um bom jogo na quarta-feira – disse o goleiro.

Tite desembarque Tijuana Corinthians (Foto: Diego Ribeiro)
Tite espera bagaem no aeroporto em Tijuana
(Foto: Diego Ribeiro)

Durante o voo, a maioria dos jogadores preferiu descansar – principalmente na primeira “perna”, até a Cidade do México. Na segunda parte, já ansiosos, muitos perguntavam a todo momento quanto tempo faltava para chegar à cidade da partida. Alguns funcionários até brincaram e compararam o momento com o da viagem ao Japão, para o Mundial de Clubes. No desembarque, não houve qualquer assédio de fãs.

Após a chegada ao hotel, há pouco tempo para o descanso, pelo menos para os reservas. A partir das 17h (22h no horário de Brasília), quem não enfrentou o Santos no domingo faz um leve treino regenerativo em um campo de grama sintética próximo ao Estádio Caliente – que tem o mesmo tipo de gramado.

Além do treino de segunda, o Corinthians faz outra atividade nesta terça, no mesmo horário, quando Tite vai definir a equipe que enfrenta o Tijuana. A tendência é que ele faça apenas duas mudanças em relação ao empate sem gols com o Santos: os retornos dos laterais Alessandro e Fábio Santos nas vagas de Edenílson e Igor.

Fonte: Globoesporte.com


Zagueiro do Corinthians emprestado ao Oeste é sondado pelo United

Antonio Carlos, de 19 anos, herói do título da Copinha pelo Timão em 2012, pode deixar equipe de Itápolis para defender o Manchester

Por Marcus Vinícius Souza Itápolis, SP

Antonio Carlos Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)
Antonio Carlos pode partir para o United
(Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Sem chances no elenco campeão mundial, o defensor Antonio Carlos foi emprestado pelo Corinthians, no início de fevereiro, ao Oeste, que disputa o Campeonato Paulista e jogará a Série B do Campeonato Brasileiro no segundo semestre.

O jogador, porém, despertou a atenção do Manchester United, de acordo com matéria publicada no jornal inglês The Sunday People. A sondagem foi confirmada pelo diretor de futebol do clube do interior paulista, Mauro Guerra, que prefere não interferir nas negociações entre o Timão e o time inglês.

– O atleta tem contrato conosco até o fim da Série B, mas ainda é do Corinthians. Então, o Corinthians é absoluto nas negociações. A hora em que a diretoria do alvinegro quiser o jogador de volta, ele terá que retornar a São Paulo, seja para jogar no próprio Corinthians ou para ser negociado com outro clube – afirmou o dirigente.

Antonio Carlos foi responsável pela histórica virada do Timão sobre o Fluminense na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2012. O zagueiro fez os dois gols da equipe alvinegra, aos 24 e aos 44 minutos do segundo tempo, na vitória por 2 a 1 sobre o time carioca. Foi o oitavo título do Corinthians na competição.

Futebol é dinâmico. Um dia o jogador está jogando em Itápolis e, no outro, está em Manchester”
Mauro Guerra, diretor do Oeste

O dirigente do Oeste também fez uma avaliação do atleta, que disputou apenas duas partidas pelo clube neste Estadual, até o momento.

– Se depender da gente, ele fica até o fim do contrato. Mas, por outro lado, vai ser bom ver um jogador nosso vestindo a camisa de um clube tão grande como o United – disse Mauro Guerra.

– Não vejo surpresa no interesse deles, já que hoje o futebol é dinâmico. Um dia o jogador está jogando em Itápolis e, no outro, está em Manchester. Enquanto não acontece nada, a gente vai dando ritmo de jogo e tentando aproveitá-lo aqui – emendou.

Ainda de acordo com o jornal inglês, os contatos estão sendo feitos entre a diretoria do Manchester United e o gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, que foi lembrado como ex-atleta do Arsenal, rival histórico dos Red Devils.

Fonte: Globoesporte.com


Barato, bom e lotado: Borussia Dortmund, o maior sucesso de público da Europa

Por Igor Resende, do ESPN.com.br
Getty

Torcida do Dortmund faz a festa no Signal Iduna Park, o maior estádio de toda a Alemanha
Torcida do Dortmund faz a festa no Signal Iduna Park, o maior estádio de toda a Alemanha

Depois de estar muito perto da falência, o Borussia Dortmund se recuperou, é uma das grandes sensações da Europa no momento e luta contra o Shakhtar Donetsk nesta terça por uma vaga nas quartas da Champions. O sucesso, porém, está longe de ser apenas dentro de campo. Atual bicampeão alemão, o clube tem nada menos que a maior média de público de toda a Europa. E a fórmula para ter sempre um estádio lotado é simples: além de um ótimo time no gramado, um ingresso que está entre os mais baratos do continente. E é também nessa torcida que a equipe confia para o confronto com os ucranianos.

Getty

Torcida do Dortmund tem a maior média da Europa
Torcida do Dortmund tem a maior média da Europa
Segundo os números do próprio site do Borussia Dortmund, os ingressos para o Signal Iduna Park custam entre 9,30 e 50 euros (24 e 129 reais). Isso se comprados individualmente. No começo da temporada, o torcedor ainda pode optar por comprar um carnê com todos os ingressos dos 17 jogos em casa do Campeonato Alemão (preços entre 5,59 e 40,30 euros por jogo), ou então um carnê com estas mesmas 17 partidas e mais as outras três da fase de grupos da Champions League (preços entre 5,50 e 42 euros por partida).

Com um estádio gigante – o Signal Iduna Park é o maior da Alemanha com capacidade para 80.720 torcedores -, o resultado foi a maior média de público de toda a Europa para o Borussia: nada menos que 80.488 por jogo, uma ocupação de 99,71% dos lugares. Os números são ainda mais impressionantes se considerarmos que a cidade de Dortmund tem cerca de 581 mil habitantes. Ou seja, em dias de jogos do Dortmund, quase 14% dos moradores da cidade vão para as arquibancadas.

Grande adversário do Dortmund dentro da Alemanha, o Bayern de Munique também apresenta números incríveis de torcida. São 71 mil torcedores por jogo na Allianz Arena. E isso porque a capacidade máxima do estádio é de 71.137 pessoas. Os preços para ver Robben, Ribéry e cia. são um pouco mais caros: entre 15 e 70 euros (38,70 e 180,60 reais).

Getty

Torcida do Bayern vai lotar a Allianz Arena; confiança em revanche e em mão na taça da Bundesliga
Torcida do Bayern também tem números de muito respeito dentro da Alemanha

Preços completamente diferentes do outro grande palco do futebol europeu. Na Inglaterra, o Manchester United é quem lidera a média de público, com 75.521 pessoas por jogo – capacidade de 75.765. Para entrar em Old Trafford, porém, o torcedor tem que desbancar entre 30 e 52 libras (89,65 e 155,41 reais). O alto valor da entrada para os lugares mais populares é constantemente alvo de protestos na Terra da Rainha.

Na Espanha, a média de público dos dois gigantes também é muito alta. O Barcelona leva a campo 78.609 torcedores por jogo. O Camp Nou, porém, tem uma capacidade muito maior: 99.354. Os ingressos são um impeditivo para que a ocupação seja ainda maior: variam entre 98 e 298 euros (252,82 e 768,78 reais) para os jogos mais importantes – como o duelo contra o Real Madrid – e entre 19 e 81 (49 e 209 reais) para os menos atrativos – como os jogos contra Getafe, Celta e Rayo Vallecano.

O Real Madrid, por sua vez, tem um estádio com capacidade para 85.454 pessoas e uma média de público de 71.647. O clube não divulga os preços da temporada em seu site oficial. Para a próxima partida em casa, diante do Mallorca, só há dois setores ainda disponíveis, com preço de 225 e 275 euros (580,30 e 709,25 reais).

Getty

Corinthians é o time mais popular nas redes sociais
No Brasil, torcida corintiana teve a maior média de 2012
Na Itália, o Milan possui uma das maiores médias de público, com 44.830 pessoas por jogo. O San Siro tem capacidade para 80.074 pessoas e preços entre 18 e 325 euros (46,40 e 838,21 reais).

Por fim, uma comparação com o Brasil. O Corinthians foi o time que teve a maior média de público de 2012, com 25.222 pessoas por jogo. O Pacaembu tem capacidade para cerca de 38 mil pessoas. Para o clássico contra o Palmeiras no começo deste ano, por exemplo, os ingressos custaram entre 40 e 180 reais nas bilheterias.

Veja a comparação abaixo:

ALEMANHA
Borussia Dortmund – 80.488 pessoas por jogo, ocupação de 99,71%, ingressos entre 9,30 e 50 euros (24 e 129 reais)
Bayern de Munique – 71.000 pessoas por jogo, ocupação de 99,8%, ingressos : entre 15 e 70 euros (38,70 e 180,60 reais)

ESPANHA
Barcelona – 78.609 pessoas por jogo, ocupação de 79,12%; ingressos entre 98 e 298 euros (252,82 e 768,78 reais) para os jogos mais importantes e entre 19 e 81 (49 e 209 reais) para os menos atrativos

INGLATERRA
Manchester United – 75.521 pessoas por jogo, ocupação de 99,67%; ingressos entre 30 e 52 libras (89,65 e 155,41 reais)

ITÁLIA
Milan – 44.830 pessoas por jogo, ocupação de 55,99%; ingressos entre 18 e 325 euros (46,40 e 838,21 reais)

BRASIL
Corinthians – 25.222 pessoas por jogo, ocupação de 66,45%; ingressos entre 40 e 180 reais

Fonte: ESPN Br

Conmebol garante julgamento de caso Kevin até o fim desta semana

Entidade vai definir se suspende, altera ou mantém a punição ao Corinthians, que não pode ter torcida em suas partidas da Libertadores. Dirigente crê em mudança

Felipe Bolguese – 04/03/2013 – São Paulo (SP)

HOME Alexandre Pato - Corinthians x Millonarios (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)
Timão jogou sem torcida contra o Millonarios (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) prometeu que sairá nesta semana a definição do caso Kevin, que rendeu uma punição ao Corinthians de jogar sem torcida como mandante na Libertadores, além de não receber ingressos como visitante.

- Com certeza não vai passar dessa semana. Quando houver uma punição, estará no quadro de comunicados em nosso site. Não sei o que será decidido, está nas mãos do Comitê – disse ao LANCE!Net Nestor Benítez, assessor da Conmebol.

Quem definirá a suspensão, mudança ou manutenção da punição será o Comitê Disciplinar da Conmebol. O órgão é presidido pelo brasileiro Caio Cesar Vieira Rocha que, por tratar de uma questão de clube de seu país, não vai participar da decisão. O vice-presidente Adrián Leiza, uruguaio, é quem estará à frente do caso.

Um dirigente da entidade ouvido pelo L!Net, que preferiu manter a identidade em sigilo, disse que uma saída boa para o caso é permitir a presença de torcedores nos jogos do Corinthians como mandante e manter a punição para os jogos como visitante. Essa ideia, porém, não é a oficial do Comitê.

O departamento jurídico do Corinthians entrou com novo recurso junto à entidade sul-americana, na última quinta-feira, com a intenção de pedir agilidade no julgamento ou, pelo menos, suspensão da medida cautelar que impede torcida como mandante. O clube espera ter torcedores no Pacaembu no duelo contra o Tijuana (MEX), no dia 13 de março. Para este jogo, antes mesmo de todo o imbróglio, já haviam sido vendidos mais de 27 mil ingressos através do Fiel Torcedor.

Na última quarta-feira, já com a punição imposta, o Timão jogou com portões fechados na vitória por 2 a 0 sobre o Millonarios (COL). No entanto, quatro torcedores, com uma ordem judicial, entraram no estádio e assistiram ao duelo da numerada. Antes da partida, os advogados alvinegros se reuniram com os torcedores, na tentativa de demovê-los da ideia de entrar. O clube teme uma reação negativa da Conmebol, apesar de a entrada dos torcedores, no ponto de vista jurídico, não ser prejudicial. Na liminar, os fiéis contestavam a decisão da Conmebol.

De acordo com os dirigentes alvinegros, o clube não é culpado pela tragédia do dia 20 de fevereiro, em Oruro. Na ocasião, o garoto boliviano Kevin Douglas Beltrán Espada, de 14 anos, foi morto atingido por um sinalizador naval, atirado por um torcedor corintiano durante a partida entre San José (BOL) e Corinthians. Desde o dia do jogo, doze corintianos permanecem presos na Bolívia, indiciados como culpados ou cúmplices do homicídio. No Brasil, o menor H.A.M, de 17 anos, apresentou-se na última semana na Vara da Infância e da Juventude, em Guarulhos, assumindo a culpa. Quem o levou para depor foi o advogado da Gaviões da Fiel, maior uniformizada do clube.

Fonte: LANCENET!


Dirigente do Timão explica corte de Emerson da viagem para o México

Duílio Monteiro Alves revelou que o jogador está com dores no joelho e vai parar esta semana para voltar 100% na próxima rodada da Libertadores

LANCEPRESS! – 04/03/2013 – São Paulo (SP)

Duílio Monteiro Alves - Corinthians (Foto: Eduardo Viana)
Duílio Monteiro Alves explicou o corte de Sheik (Foto: Eduardo Viana)

O Corinthians viajou na noite deste último domingo para o México, onde enfrenta o Tijuana, na quarta-feira, sem Emerson Sheik na delegação. Após participar do duelo contra o Santos, quando saiu do banco de reservas, o atacante foi cortado da viagem por conta de dores no joelho direito. O diretor adjunto Duílio Monteiro Alves reforçou que a ausência se deve apenas à questão médica.

Antes de embarcar com o elenco para o confronto pela Libertadores, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, o dirigente alvinegro explicou os motivos de o jogador ter ficado no Brasil.

- Ele está com dores, já vem sentido desde a semana passada. Por isso optamos por segurar um pouco neste momento. A ideia é que ele pare por esta semana e trate, para termos ele em plenas condições na próxima quarta-feira – explicou.

Sem o camisa 11, o Timão seguiu para o México com Romarinho, Pato, Guerrero e Jorge Henrique como opções para o setor ofensivo. A tendência é que o treinador mantenha o esquema com dois atacantes de ofício enfiados na área adversária.

Alessandro e Fábio Santos, que foram preservados do clássico contra o Peixe, viajaram e estão à disposição do duelo importante pelo grupo 5. Com seis pontos, o Tijuana é o líder da chave. Logo atrás vem o Corintians, com quatro conquistados.

Fonte: LANCENET!


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 52 outros seguidores